[ editar artigo]

Cabe ao cidadão fazer a sua parte

No dia 1 de março a Organização Mundial da Saúde declarou pandemia do covid-19. Pandemia, termo utilizado quando uma epidemia – grande surto que afeta uma região – se espalha por diferentes continentes com transmissão sustentada de pessoa para pessoa.

O Ministério da Saúde orienta sobre medidas simples do dia a dia, como lavar as mãos e evitar aglomerações, que reduzem o contágio da doença.

Sem a adoção das recomendações, o número de casos do coronavírus pode dobrar a cada três dias.

Cabe ao cidadão fazer a sua parte, especialmente cuidar das pessoas que apresentam maior risco de sofrer com o covid-19: pessoas idosas e imunossuprimidas.

Nesse momento é preciso seguir as orientações das autoridades entre as quais evitar as aglomerações, motivando assim, a suspensão das aulas.

O vírus é um parasita intracelular obrigatório, não possui célula (acelular), apresenta um único tipo de material genético (neste caso RNA fita sense positivo) e não possui metabolismo próprio. A não circulação das pessoas pode evitar a dispersão desse parasita.

O covid-19 apresenta ALTA disseminação, porém BAIXA letalidade. Entende-se como Letalidade - o maior ou menor poder que uma doença tem de provocar a morte das pessoas.

Obtém-se a letalidade calculando-se a relação entre o número de óbitos resultantes de determinada causa e o número de pessoas que foram realmente acometidas pela doença, com o resultado expresso em percentual.

Com o avanço da pandemia percebe-se que esse novo vírus não é muito mais perigoso do que outros vírus respiratórios, que já nos acostumamos, em termos de morbidade e mortalidade.

O covid 19 atinge em especial idosos e pacientes com outros problemas de saúde, como o Influenza A.

A Morbidade se refere ao conjunto dos indivíduos que adquiriram doenças num dado intervalo de tempo. Denota-se morbidade ao comportamento das doenças e dos agravos à saúde em uma população exposta, já Mortalidade refere-se ao conjunto dos indivíduos que morreram num dado intervalo de tempo.

A chave para contermos essa pandemia chama-se PREVENÇÃO/PROFILAXIA. Portanto faça a sua parte! Não espalhe fake news (confira as informações que você compartilha). Lave bem as mãos com água e sabão; outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones e maçanetas. Utilize lenço descartável para higiene nasal; máscaras faciais descartáveis devem ser utilizadas por profissionais da saúde, cuidadores de idosos, mães que estão amamentando e pessoas diagnosticadas com o coronavírus. Informe-se em sua cidade sobre o procedimento em caso de suspeita de coronavírus.

Para você aluno, que está em ano de vestibular e ENEM, aproveite para colocar suas leituras em dia e organizar seus horários. Não mude muito sua rotina, bem como, horários de acordar e dormir, pois ao retornar as atividades seu organismo estará habituado ao desafio de finalizar o ano letivo. Aproveite e dedique-se aos estudos que podem ser feitos a distância.

Para aqueles que gostam de filmes, seguem algumas sugestões sobre o tema: Epidemia, Contágio, Deranged. Ainda sobre saúde: Patch Adams — O Amor é Contagioso, Quase Deuses e Mãos talentosas.

Cada um precisa fazer a sua parte! Seja empático!

TAGS

pandemia

Quarentena Solidária
Ler conteúdo completo
Indicados para você